Governo do Distrito Federal

Educação

Mais Educação

  • 19 novos Centros de Educação Infantil – CEPIs foram inaugurados entre os anos de 2015 e 2017, com abertura de 1.140 vagas para 4-5 anos e 1.444 vagas para 0 a 3 anos
  • Ampliação da rede pública para 45 Centros de Educação da Primeira Infância (CEPIs) e 59 creches que funcionam em unidades parcerias, atendendo 6.1 mil crianças de 0 a 5 ano por meio dos CEPIs e cerca de 11.6 mil nas instituições parcerias
  • Brazlândia é a primeira região com todas as crianças (6 meses a 6 anos) na escola e 88% das demais Regiões Administrativas já alcançaram a universalização da demanda registrada nos sistemas de creches e de Telematrícula
  • 14 mil novas vagas nos Centro Interescolar de Línguas – CILs (inglês, espanhol, francês, outros idiomas) com atendimento especial aos refugiados, a partir da inauguração de 7 novos CILs, totalizando 15 unidades localizadas em todas as Coordenações Regionais de Ensino do Distrito Federal
  • Rumo à  universalização do ensino para crianças de 4-5 anos, a partir do credenciamento de 11 entidades educacionais privadas selecionadas no Programa Bolsa-Criança Candanga de Educação Infantil para a oferta de 2.728 vagas (2017)
  • Mais de 130 mil alunos serão beneficiados com produtos rurais do Distrito Federal nas merendas em 186 escolas de 6 regionais de ensino, pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)
  • Reforma, revitalização e ampliação de diversas escolas públicas em regiões como Planaltina, Varjão, Brazlândia, Ceilândia, com destaque para a reabertura da Escola Classe 01 da Estrutural (2017), também conhecida como “escola do gás”, que estava desativada desde 2012
  • Incentivo a projetos pedagógicos, como o Mulheres Inspiradoras, com foco na formação educacional, promoção de direitos e deveres, em parceria com a sociedade civil
  • Realização de feiras de ciência, com distribuição de prêmios e outras formas de difusão e popularização do ensino científico

Criança Candanga - Governo de Brasília

Governo do Distrito Federal